Memorial

Companheiros de Pensamentos

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Recordar é Viver (Parte 3)


Há um ano atrás, meu marido e eu, seguimos bem cedinho com destino a Sail para ir buscar as minhas amigas. Mas com uns Tios tão hospedeiros e amáveis, tivemos também direito a um passeio, conduzidos por eles, a Arganil, passando por um rio com águas tão transparentes que convidou a que molhássemos os pés e relembrássemos nosso tempo de infância, fazendo as pedras “saltitarem” sobre as águas. Escusado será dizer que não consegui fazer saltitar nenhuma pedra, apesar da paciência dos Tios das minhas amigas em ensinar-me e até a escolher os melhores seixos. Nada feito. Após esta atividade tão “cansativa” fomos almoçar e tivemos mais um momento delicioso: a Tia Carmina ofereceu-nos uma comida tipicamente portuguesa (que eu ainda não tinha saboreado) = CHANFANA de cabra.
Depois de termos deliciado tão boa iguaria tomámos a direção para Piódão.
Felizmente, a estrada está muito melhor do que da outra vez que fui (melhor nem lembrar).
E a Li e a Te ficaram encantadas com a Aldeia. Visitámos o pequeno museu mas muito interessante, a linda Igreja Matriz e percorremos o labirinto das ruas.
Estava na hora de começarmos o caminho de regresso. Aí a Te veio com uma conversa sobre uma localidade chamada Carvalho, terra da avó materna… E foi assim que a Te proporcionou-nos conhecer um lugar que, infelizmente, faz parte da história da Força Aérea Portuguesa.
A seguir transcrevo o que fui buscar no blog do Clube dos Especialistas do AB4.

Foi no dia em que se comemorava o 3º aniversário, da Força Aérea Portuguesa, 1 de Julho de 1955, que ocorreu o mais trágico e lamentável acidente da sua história, que vitimou oito pilotos, sendo considerado um dos maiores do género, a nível mundial, atendendo ao número de aviões envolvidos. Segundo o Diário “as beiras online” de 4 de Julho de 2005 e de acordo com Aniceto Ferreira de Carvalho, que na altura do acidente tinha 20 anos e era mecânico da FAP, “os aviões eram doze ao todo e iam a voar em formação. Iam quatro à frente, quatro atrás mas mais baixo, por causa do remoinho (movimento do vento), e outros quatro ainda mais baixo. Nesse dia estava nevoeiro e só os primeiros quatro, nos quais se incluía o capitão Rangel de Lima passaram a serra; os restantes oito embateram no terreno, tendo os seus pilotos tido morte imediata”
Perpetuando a memória dos pilotos falecidos, foi erguido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares, um monumento no local do acidente, assinalando um acontecimento que deixou a Força Aérea, as famílias dos pilotos e todo o país envolto num manto de luto.
Para reforçar o simbolismo do local a autarquia construiu ainda uma capela em honra de Nossa Senhora do Ar e, na passagem dos cinquenta anos sobre o desastre, em 2005, foi inaugurado um monumento numa rotunda da vila, feito em parceria com a Força Aérea Portuguesa, para assinalar, marcar e manter viva a memória histórica do acidente ocorrido naquela serra.
Pensado por um arquitecto das FAP, o monumento a que se deu o nome de “Voo dos Anjos”, é constituído por oito colunas (numa alusão directa aos oito aviões que se despenharam vitimando os respectivos pilotos), encimadas por um vidro azul céu e alguns pares de asas, uns abertos e outros fechados, a fazerem referência ao levantar e aterrar dos aviões.
"O Voo dos Anjos", monumento construído para assinalar o 50º aniversário do acidente. Foi colocado numa rotunda à entrada de Vila Nova de Poiares.
Depois desta aula da história da aviação, e de prestarmos a nossa homenagem, regressámos a casa.

E do outro lado do oceano, no presente;
- A Te "fala":


ANA
QUE DIA!!!!!!!
PRIMEIRO NÃO FOI FÁCIL ME DESPEDIR DOS MEUS TIOS QUE HAVIAM NOS ACOLHIDO COM O MAIOR CARINHO EM NOSSA PEQUENA ESTADIA EM SAIL.
DEPOIS, PARTIR PARA UM DOS 5 LUGARES QUE EU MAIS AMEI EM PORTUGAL!!!!!!
SABE ANA, EU ADORO ARQUITETURA!!!!
PIÓDÃO É UM DOS LUGARES MAIS FANTÁSTICOS EM PROJETO ARQUITETÔNICO!!!!!!
O QUE É AQUILO??????? EU AMEEEEEEEEEEEEEEEIIIIIII!!!!!!! TODOS OS PORTUGUESES PRECISAVAM CONHECER AQUELA ALDEIA TÃO DIFERENTE E AO MESMO TEMPO TÃO A CARA DE PORTUGAL!!!!! LINDA, DIFERENTE E ACONCHEGANTE!!!!!
CONFESSO QUE SE EU PUDESSE TERIA FICADO DIAS ALI, SENTADA NAQUELAS CADEIRAS OLHANDO AS FACHADAS DAS CASAS. FOI SHOWWWWWWWWWW!
DEPOIS, FOI UM MOMENTO PRA REVER E AGRADECER A DEUS, POR PODER ESTAR VOLTANDO DEPOIS DE 12 ANOS, ÀS TERRAS DA MINHA AVÓ.
CRESCI COM A MINHA AVÓ E MÃE ME CONTANDO A RESPEITO DESTA TRAGÉDIA NA AVIAÇÃO PORTUGUESA.
ACHEI MARAVILHOSA A TUA BUSCA POR UM TEXTO RETIRADO DO BLOG DO CLUBE DOS ESPECIALISTAS DO AB4!!!!! AMEI!!!!!!!!!!
E O MONUMENTO EM HOMENAGEM AO VOO DOS ANJOS????? QUE MARAVILHOSO!!!!
ANA E CARLOS VOCÊS SÃO DEMAIS!!!!!!
MUUUUUUUUUUUUUUUUUITO OBRIGADA E QUE DEUS POSSA VOS RETRIBUIR EM SAÚDE E FELICIDADE, TODA A ALEGRIA QUE NOS PROPORCIONARAM.
BEIJOS DA TEREZINHA DO BRASIL!!!!!

Eliminar
 - A Li "fala":

Amiga,
Sail realmente é tudo de maravilhoso. A natureza é bela, forte e bonita. Os tios são hospitaleiros, alegres e incansáveis em nos fazer sentir bem. Quanto aprendizado, histórias e amor recebemos!!!! Piódão foi a paixão a olhos vistos.Que local diferente pitoresco. Nunca imaginei existir lugar tão belo. Carvalho foi emoção do início ao fim. Os momentos mais intensos de saudade, da família , das histórias contadas desde a infância.Desde pequenina ouvia falar do desastre que ocorreu com riqueza de detalhes de quem viu e ouviu sobre o fato. Era um sonho de infância poder pisar naquela terra que representa "Tara" (...E o vento levou) para os meus antepassados. Não pude evitar as lágrimas que teimavam em cair. Pura emoção e muita saudade!!!!! Vocês não pouparam esforços em nos fazer felizes. Obrigada a vocês por tanta emoção!!!

5 comentários:

Anne Lieri disse...

Rosa,que passeio delicioso!Caminhei com vc por essa vila portuguesa tão pitoresca!Muito triste tb esse acidente,que já não me lembrava!Justa homenagem!Bjs,

Pepi disse...

Passear é tudo de bom,Rosa
Eu tambem adoro.
Obrigada pela visitinha lá no blog
Um ótimo final de semana
Beijinhos de
Verena e Biichinhos

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Oi minha querida amiga. Viajei contigo por essa linda vila, portuguesa com certeza. Olha, obrigdo pela visita. Dureza mesmo vai ser enfrentar o frio que chegou hoje de tarde aqui nos Pampas Gaúcho. Tenho pena das candidatas que estarão só de shortinho, para o meu deleite, kkk. Um grande beijo. Um excelente final de semana. FIQUE COM DEUS. Um dia ainda vou conhecer LISBOA.

TEREZINHA disse...

ANA

QUE DIA!!!!!!!

PRIMEIRO NÃO FOI FÁCIL ME DESPEDIR DOS MEUS TIOS QUE HAVIAM NOS ACOLHIDO COM O MAIOR CARINHO EM NOSSA PEQUENA ESTADIA EM SAIL.

DEPOIS, PARTIR PARA UM DOS 5 LUGARES QUE EU MAIS AMEI EM PORTUGAL!!!!!!

SABE ANA, EU ADORO ARQUITETURA!!!!

PIÓDÃO É UM DOS LUGARES MAIS FANTÁSTICOS EM PROJETO ARQUITETÔNICO!!!!!!

O QUE É AQUILO??????? EU AMEEEEEEEEEEEEEEEIIIIIII!!!!!!! TODOS OS PORTUGUESES PRECISAVAM CONHECER AQUELA ALDEIA TÃO DIFERENTE E AO MESMO TEMPO TÃO A CARA DE PORTUGAL!!!!! LINDA, DIFERENTE E ACONCHEGANTE!!!!!

CONFESSO QUE SE EU PUDESSE TERIA FICADO DIAS ALI, SENTADA NAQUELAS CADEIRAS OLHANDO AS FACHADAS DAS CASAS. FOI SHOWWWWWWWWWW!

DEPOIS, FOI UM MOMENTO PRA REVER E AGRADECER A DEUS, POR PODER ESTAR VOLTANDO DEPOIS DE 12 ANOS, ÀS TERRAS DA MINHA AVÓ.

CRESCI COM A MINHA AVÓ E MÃE ME CONTANDO A RESPEITO DESTA TRAGÉDIA NA AVIAÇÃO PORTUGUESA.

ACHEI MARAVILHOSA A TUA BUSCA POR UM TEXTO RETIRADO DO BLOG DO CLUBE DOS ESPECIALISTAS DO AB4!!!!! AMEI!!!!!!!!!!

E O MONUMENTO EM HOMENAGEM AO VOO DOS ANJOS????? QUE MARAVILHOSO!!!!

ANA E CARLOS VOCÊS SÃO DEMAIS!!!!!!
MUUUUUUUUUUUUUUUUUITO OBRIGADA E QUE DEUS POSSA VOS RETRIBUIR EM SAÚDE E FELICIDADE, TODA A ALEGRIA QUE NOS PROPORCIONARAM.

BEIJOS DA TEREZINHA DO BRASIL!!!!!

Alicinha disse...

Amiga,
Sail realmente é tudo de maravilhoso. A natureza é bela, forte e bonita. Os tios são hospitaleiros, alegres e incansáveis em nos fazer sentir bem. Quanto aprendizado, histórias e amor recebemos!!!! Piódão foi a paixão a olhos vistos.Que local diferente pitoresco. Nunca imaginei existir lugar tão belo. Carvalho foi emoção do início ao fim. Os momentos mais intensos de saudade, da família , das histórias contadas desde a infância.Desde pequenina ouvia falar do desastre que ocorreu com riqueza de detalhes de quem viu e ouviu sobre o fato. Era um sonho de infância poder pisar naquela terra que representa "Tara" (...E o vento levou) para os meus antepassados. Não pude evitar as lágrimas que teimavam em cair. Pura emoção e muita saudade!!!!! Vocês não pouparam esforços em nos fazer felizes. Obrigada a vocês por tanta emoção!!!