Memorial

Companheiros de Pensamentos

sábado, 20 de maio de 2017

Manter a diferença

Reencontrei, depois de uns bons anos, um colega de profissão que desenvolveu uma atividade com os meus alunos.
Quando terminou, disse-me:
- Continuas a fazer a diferença. Continuas a formar turmas bem comportadas, alegres e divertidas. Parabéns! Continua!
Sempre que levo a minha turma a uma visita de estudo ou atividade, recebo sempre os parabéns pelo seu comportamento e participação.
Muitas assistentes operacionais elogiam-me por fazer com que os meus alunos tenham respeito por elas e pelo seu trabalho.
Alguns encarregados de educação, que podem participar mais assiduamente, observam e gostam de ver como pode haver um ambiente descontraído sem deixar de lado o respeito mútuo.
Não espero elogios, nem cumprimentos quando trabalho com meus alunos.
Felizmente, alguns deles vêm com uma boa “bagagem“ de valores graças à educação recebida de seus pais. Infelizmente, para outros os valores são, unicamente, trabalhados em sala de aula.
O meu maior desejo é que eles percebam que o respeito a si próprio e ao outro é fundamental.
Porém, confesso, quando ouvi aquelas palavras de um colega de profissão, emocionei-me.