Companheiros de Pensamentos

domingo, 15 de outubro de 2017

Parlamento aprova entrada de animais de estimação em restaurantes

Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Parlamento aprova entrada de animais de estimação em restaurantes: A Assembleia da República aprovou projetos do PAN, do BE e do PEV que possibilitam a permissão de animais de companhia em estabelecimentos fechados de restauração, para além dos cães de assistência já autorizados por lei.


Concordo. O proprietário do estabelecimento é que deve ter o poder de deixar ou não.
Nunca me preocupei em comer ao lado de um animal de 4 patas. Já ao lado de "certos" animais de 2 patas... Ui!!!!!!!!
Sem falar que "alguns" animais de 2 patas são bastante mais RUIDOSOS do que muitos cães!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
De qualquer forma, continuo a afirmar que o maior problema está no bom censo do dono do animal.
Já cheguei a frequentar estabelecimentos com a Boneca (ao meu colo) e o Kibon (no chão "coladinho" a mim).
Mas não levaria o Tejo! O excesso de meiguice que este meu cãopanheiro tem e a vontade dele em ESPALHAR beijinhos... pois... seria complicado!!!!!
No entanto, a culpa não é dele e, sim, minha que não o eduquei para ser comedido nas suas demonstrações de afeto!
É claro que as mesas deveriam estar dispostas com maior intervalo entre elas; que deveria haver áreas reservadas, da mesma forma que há para os fumantes.
Se outros países já permitem isso, não vejo qual o problema de também evoluirmos nessa área.
Lógico que, acima de tudo, tem que haver educação por parte dos animais de "2" patas!