Memorial

Companheiros de Pensamentos

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Outra vez...


Outra vez, a mesma mistura de sentimentos.
Outra vez, a alegria de receber uma boa notícia.
Outra vez, a tristeza de saber que aquele nosso colega vai para longe de nós.
Outra vez, a angústia da nossa amiga não saber nem para onde vai.
Outra vez, temos sentimentos tão diferentes dentro de nós.
Outra vez, a expectativa de conhecer novos colegas.
Outra vez, a experiência de reiniciar novos relacionamentos.
Outra vez... tudo ... outra vez...
Até quando... outra vez?

5 comentários:

nunoanjospereira disse...

Eu já estou saturado de tanta incerteza, tanta ansiedade, de não saber nada acerca de para onde vou nem quando, muito menos quem me irá acompanhar nessa viagem. Os amigos que não se chegam a criar, pois quando vem finalmente o jantar de fim de ano, nós já nos começamos a conhecer qualquer coisita, adeus até um dia, e outra vez...

Rosa Carioca disse...

É esse, exactamente, o sentimento...

Rita Caissotti disse...

E isso sem esquecer que vocês (professores )também têm família... o companheiro/a tem trabalho fixo!...os filhos escola fixa!...VIDA FIXA!...ou professor não tem...??????!!

...vi uma vez uma reportagem sobre as colocações de professores e é impressionante que nunca saibam para onde vão e corram o risco(alguns) de serem colocados a muitos quilómetros de distância.Das suas familias e do seu ambiente onde criam laços.É pena... :(

Rosa Carioca disse...

É, Rita. Temos Vida???
Sim. Temos uma Vida muito bem preenchida mas ... há sempre ALGUMAS pessoas que pensam que não e "mexem" com os Professores como se mexe com os objectos...

Rita Caissotti disse...

Sim isso é verdade!São os patrões(e felizmente não são todos assim) que se esquecem que também tem familia!...a não ser quando lhes toca á porta...