Memorial

Companheiros de Pensamentos

sábado, 3 de abril de 2010

Mar


Há momentos que são preciosos.
Há momentos que não têm preço.
Há momentos que nos dão novo alento.
Momentos simples.
Momentos despretenciosos.
Momentos vividos.
Momentos que ficam guardados no arquivo da nossa existência.
Momentos como um almoço.
Momentos como um almoço, numa Sexta-Feira Santa, comendo um belo peixe assado na brasa, olhando o mar, na companhia de alguém muito especial.
E o preço da refeição?
Interessa?
Para mim, o que mais interessa é o momento passado com alguém que me completa a vida.
E depois do almoço, depois desse momento precioso, outro momento precioso.
Outro momento simples.
Outro momento que, talvez, para muitos seria puro tédio.
Mas, para nós dois, foi mais um momento agradável: ficar à beira-mar, ouvindo o bater das ondas, sentindo uma leve brisa... Momento revigorante.
E conversando sobre o almoço, sobre o mar, sobre aquele pato que passou com seu vôo apressado, sobre como devemos viver a nossa vida, sobre como devemos sempre aproveitar, na totalidade, os bons momentos que sugem e, se não surgem, buscá-los, transformá-los, enfim...
Não há dinheiro que traga de volta um bom momento desperdiçado, portanto, vamos viver os momentos ùnicos que temos ao alcance de nossas mãos, de nossos corações e ser feliz.

3 comentários:

Sônia Silvino disse...

Concordo em gênero, número e grau, minha amada!
Uma Páscoa recheada de alegrias e paz!
Bjkas, muitas!

Fatucha disse...

hmmm que bem que sabem momentos assim...bjs

Sofá Amarelo disse...

A Vida é feita de pequenos momentos, aqueles que recordamos ao fim de muito tempo é porque foram bons momentos! Aproveitemo-los!

Muitos beijinhos! Boa Páscoa!