Memorial

Companheiros de Pensamentos

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Sugestão de Aposentadoria

"Amei" a sugestão do senhor Miguel S. Tavares: as pessoas que tivessem mais filhos, aposentavam-se mais cedo.
 
(Conheço algumas que se aposentariam antes de começar a trabalhar...)

 Quem me conhece sabe o quanto respeito ser PAI / MÃE ... o que é bem diferente de ser APENAS progenitores.

8 comentários:

João Roque disse...

O que é um facto, Rosa, é que as estimativas da evolução da natalidade no nosso país são assustadoras e com a crise, a emigração e a falta de apoios estatais, agravar-se-hão cada vez mais.

JP disse...

A natalidade está mesmo a baixar....aliás só podia mesmo.

Mas a sugestão de MST parece-me assim um bocado populista. Mas não sei....só pensando melhor mesmo.

Beijinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pelo teoria do MST eu só me aposento no dia de ir para o caixão!
Gosto dele, mas às vezes passa-se...

Fê-blue bird disse...

Também ouvi essa e fiquei de boa aberta, acho que há melhores maneiras de incentivar a natalidade, por exemplo apoiar devidamente quem escolhe ficar em casa com os filhos.

beijinhos

Rosa Carioca disse...

Concordo com o João mas acredito que as alternativas deveriam passar por mais e melhores empregos, mais e melhores condições de saúde e de educação, mais estabilidade financeira, económica, política. Se os casais tiverem condições de planejar o seu presente e futuro (principalmente para os seus filhos) de forma segura e confiável, a natalidade aumentaria de bom grado.

São disse...

Se dessem verdadeiras condições e apoios a quem tem crianças , isso sim faria aumentar a natalidade!

mas que ideia passou pela cabeça de Niguel ST? DE vez em quando , fica transtornado!

Um grato beijo pelas simpa´ticas palavras no "são" onde espereo vê.la sempre

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga como é possivel os jovens pensarem em ter filhos, com a vida como está? Sem empregos, muitas vezes a viverem com os pais e sem segurança para o futuro.
Estamos a viver já momentos dificieis que infelizmente se irão agravar para o próximo ano.
Beijinhos
Maria

Luís Coelho disse...

Este facto devia fazer corar de vergonha os nossos governantes pela falta de habilidade e astucia politica para nos fazer sair da crise Criaram todas as condições para matar o país e os portugueses.
Os nossos jovens sem casa nem emprego como poderão pensar em filhos...??