Memorial

Companheiros de Pensamentos

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Será?


Sempre que vejo imagens/notícias de animais abandonados, maltratados sinto um aperto no coração.
Sinto-me impotente.
Gostaria de ter poder, de ter condições para proteger, acolher, tratar todos os animais que perambulam pelas ruas e estradas, que são abandonados por donos imbecis.
Às vezes penso, será que as “bestas” que jogam fora um cão ficam sensibilizadas ao ver essas imagens/notícias?
Será que os desumanos que maltratam um animal indefeso, ao ver essas imagens/notícias sentem algum arrependimento?
Tomara que esteja errada mas… duvido.
Todas essas imagens e/ou notícias só servem para apertar mais os corações daqueles que, verdadeiramente, AMAM os animais.

8 comentários:

Isa GT disse...

A insensibilidade anda a tomar conta do mundo.
Infelizmente, ser competitivo, egoista, frio e calculista está na moda.
Com animais, crianças e a tratar mal os mais velhos, para não falar do valor que se dá à vida humana, cada vez mais baixo,...
Tudo isto é culpa do exemplo que deveria vir de cima, especialmente de quem ocupa lugares públicos, de governação ou da própria família... as pessoas vêem e sentem as consequências, mas tudo irá piorar se não se resolverem as causas que só têm tendência a aumentar...

Bjos

nunoanjospereira disse...

Não, não te sintas impotente, muito pelo contrário, tens tudo o que é preciso para fazer a mudança: és professora!

Blog da Pink disse...

Eu tenho certeza que essas pessoas que abandonam e maltratam os animais não se importam com nenhum animal. São pessoas egocêntricas e sem sentimentos. Não consigo entender as pessoas que não amam os animais! Concordo com a Isa que o valor da vida humana é cada vez mais baixo!
Agora começaram a punir os maltratos por aqui e espero que isso dê resultados.
Beijos
Laís

São disse...

A foto é um mimo.

Quanto ao abandono de animais ainda ontem comentava com uma tia minha que não consigo perceber como é que se cria um animal desde pequenino e se tem, depois, coragem de o abandonar sem espécie nenhuma de defesa nem conhecimento de como arranjar comida e água!!

E, como sou profissional de Educação, penso também preocupadamente, no péssimo exemplo que estão a dar às suas crianças!

Afinal, onde estão os afectos?

Desculpe ser tão longo o comentário, que costumo fazer sempre curto.

Bom feriado.

quem és, que fazes aqui? disse...

Aflijo-me com a insensibilidade com que se tropeça. Já não há nada no coração das pessoas.

Beijo

Laura

Margarida disse...

se eu pudesse, recolhia todos os gatos e cães que me aparecessem à frente. choro quando vejo reportagens sobre animais abandonados, maltratados e nunca tive coragem de entrar no canil do seixal, embora já tenha passado pela minha cabeça ser lá voluntária. tenho que respirar fundo e ganhar coragem.
há 12 anos, acolhi de braços abertos, e já tinha 3 gatos, a joana, que era uma das muitas gatinhas que viviam nuns anexos atrás da casa da minha mãe. hoje é feliz e muito amada.
bjs.

Magda disse...

Oi Rosa!
Sinto-me indignada assim como você!
Como pode uma pessoa abandonar ou maltratar seres tão puros e especiais como os cães e gatos.
E outra, quem não gosta de animais não pode der boa pessoa, tenho inúmeros exemplos que provam isso em minha vida!
Tenho um blog que aborda esse tema e outros que dizem respeito aos animais. Dê uma olhadinha...
Estou te seguindo com todo prazer!
Bjs...

Sônia Silvino (Crazy about Blogs) disse...

Sinto a mesma coisa, amiga!
Fico mal quando sei de coisas assim. Há cenas que não consigo olhar. Infelizmente o ser humano não respeita nem os seus semelhantes.
Aninha, convido você a participar do agregador de links The Best Blogs 2 para divulgar seu blog:
http://soniasilvino38.blogspot.com.br
Passe lá e confira! É rápido e fácil!
Beijoooooo!
Beijocas!