Memorial

Companheiros de Pensamentos

terça-feira, 10 de abril de 2012

Green Sleeves



Conta a lenda que Greensleeves foi composta pelo rei inglês Henrique VIII (1491 - 1547). A lenda refere que Henrique VIII a fez para a sua amante e futura rainha consorte Ana Bolena. Ana rejeitou as tentativas de Henrique de seduzi-la e esta rejeição é aparentemente a que se refere na canção, quando o escritor do amor "vazio". No entanto, Henrique não escreveu "Greensleeves", que provavelmente é do período Isabelino e é baseado num estilo italiano, cuja composição não chegou a Inglaterra até depois da sua morte.(fonte: Wikipédia)

O que é fato é que é uma das músicas que minha mãe adorava que lhe tocasse.

Tradução livre em português:

Ai, meu amor, você me leva aos erros,
Para me abandonar grosseiramente
Eu lhe amei tanto tempo,
Me aprazendo em sua companhia

Refrão:
Mangas-Verdes são toda minha alegria
Mangas-Verdes são o meu prazer
Mangas-Verdes são meu coração de ouro
E quem senão minha Dama-das-Mangas-Verdes

Seus votos foram violados como meu coração (quebrou)
Porque você me arrebatou?
Agora estou em um mundo diferente
Mas meu coração está em cativeiro

Refrão

Eu estava em suas mãos
E lhe concederia o que tu me pedisses
Eu havia apostado na vida e no mundo
Seu amor e bem estar para sempre

Refrão

Se tu pretendes assim desdenhar
Isso só vai me arrebatar mais
Logo, ainda sou
Um amante em cativeiro

Refrão

Meus empregados estavam vestidos de verde
E sempre esperaram alguma vez
Tudo isso foi tão galante
Mas tu ainda não me amas

4 comentários:

João Roque disse...

É uma música linda, linda...

nunoanjospereira disse...

E esta versão? Extraordinária!
http://www.youtube.com/watch?v=P5cAfz1oh3M

Brown Eyes disse...

Rosa presentemente tenho o meu tempo limitado, dediquei-me a viver, viver como me agrada e como o tempo não estica faz falta para navegar pelos blogs que me agradam. Sendo assim deixei de ser uma presença constante no entanto o teu blog ficará entre os que visitarei. Beijinhos

Blog da Rutha disse...

Esta era a música preferida do meu pai! Mas eu não sabia que tinha letra, pensei que fosse só a música. Quando eu era jovem a tocava na flauta!
Foi uma ótima lembrança!
Beijos
Laís