Memorial

Companheiros de Pensamentos

sábado, 22 de abril de 2017

Para os meus (sempre) filhos Henrique e Pedro


Olá Henrique e Pedro;


            Hoje vocês fariam 13 anos.

            Há 13 anos não cheguei a ver-te, Pedro. Não deixaram. Acredito que tenham feito para o meu bem. Assim, convenci-me que serias “a cara” do teu mano.

            Tu, Henrique, ainda lutaste pela vida por 20 dias! Foste um guerreiro!

           Durante 20 dias, vivi um pesadelo. Como desejava que fosse só um sonho mau… mas não era.

            Esse pesadelo dava uma pausa quando tu reagias à minha voz. Cheguei a dizer à Enfermeira Vanda: “Até parece que ele conhece a minha voz!” E essa Enfermeira, que era mais um Anjo de todos que formavam a equipa maravilhosa que te acompanhava, respondeu, sorrindo: “Claro que reconhece. Você é a Mãe dele!”

            Esses dias são as minhas memórias enquanto mãe.

            Só possuo essas memórias. Não tenho histórias para contar de como aprenderam a andar, a falar, a deixar as fraldas, do primeiro dia de escola, dos aniversários, das traquinices, dos gestos de carinho ou das birras…

            Apenas aqueles 20 dias onde em cada minuto travavas uma luta entre a vida e a morte. E a morte acabou por vencer!

            Porém, tenho a certeza que vocês estão bem.

            Como diz a canção: “Deus chama os que mais ama!” (Talvez seja por isso que já chamou os meus pais e os meus filhos.)

            Henrique e Pedro, agradeço o que me ensinaram. Ensinaram-me que a vida tem que ser vivida ao minuto.
          E não importa quanto tempo vive um filho, pois ele será amado com imensa intensidade enquanto viver… e mais além.

            Parabéns, meus filhos!

            Beijinhos da vossa Mãe e do vosso Pai;

Ana Paula
e Carlos
 

10 comentários:

✿ chica disse...

Emocionante. O tempo passa, as lembranças e saudades persistem! Fica bem! bjs, chica

Maria Rodrigues disse...

Rosa, que mensagem tão comovente, onde as palavras são plenas de amor, ternura, carinho, dor e saudade.
Lamento sinceramente não poder ter os seus filhos junto de si, mas eles estão em paz junto de Deus Pai.
Como disse e muito bem, a vida tem de ser vivida ao minuto, aproveitando cada momento que nos é oferecido.
Para si e para o seu marido deixo um abraço bem apertadinho.
Maria

Zilani Célia disse...

OI ROSA!
COMO NÃO EMOCIONAR-SE AO LER ALGO TÃO TOCANTE? SE FOSTE MÃE POR 20 DIAS AMIGA, O SERÁS PARA TODO O SEMPRE PARA "AQUELE" QUE TUDO SABE E ESTAS LEMBRANÇAS SÃO SÓ TUAS, GRAVADAS COM LÁGRIMAS SIM, MAS NO FUNDO DO TEU CORAÇÃO.
E QUEM CRÊ, SABE, ELES ESTÃO LÁ NO LADINHO DO PAI.
ABRÇS AMIGA E FICA COM DEUS.
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Rosa
Lágrimas correram pelo meu rosto. Que homenagem e relato emocionante. Seus anjos estão na paz junto com o criador. Uma abençoada semana para você e seu marido . Abraços.

Mariazita disse...

Votos de um Domingo feliz
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Olá amiga Rosa! Retornando as minhas atividades nos blogs, fiquei afastada por um tempo, problemas de saúde que estão passando graças a Deus. Aproveito para desculpar-me pela ausência e assim que puder retornarei aqui com muito prazer pois amo suas postagens e a pessoa que você transmite ser. Como são muitas visitas, hoje estou com esse comentário para todos, mas saiba que se estou aqui o meu coração também está repleto de alegria. Abraços, que jesus nos abençoe sempre.
Profª Lourdes Duarte
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

Smareis disse...

Que linda homenagem Rosa. Meus olhos lacrimejaram.
Lamento pelo seus filhos. Deus sempre dá um conforto necessário.O Amor de mãe é eterno.
Uma ótima semana!
Um ótimo mês
Um abraço, e um sorriso!
Blog da Smareis

Ilca disse...

Olá Rosa!
Lamento muito pela perda de teus amados filhos. Como te entendo, sei o quanto é difícil, pois assim como você, eu também carrego no coração essa dor, forte, profunda, pela ausência de minha filha Thais. A Maior dor do mundo, só quem passa e vive esse sofrimento, pode avaliar a dimensão desta dor. Deus sabe, e somente Ele nos conforta e nos dá forças para continuar. A fé é o que me move!
Te desejo muita paz e muita luz! Muitas bênçãos do Alto !
Um abraço forte e carinhoso de coração para coração !
Fique com Deus !

Ilca

Blog: http://thaisalbuquerquememoria.blogspot.com/

vitalina de assis disse...

Oi....

O que dizer desta dor e perda? Às vezes passamos por situações que não sabemos explicar ou mesmo aceitar, mas a vida vai nos ensinando a suportar e lidar com estes maus momentos. Sei que a força e coragem nunca há de te faltar e a aceitação e amor que demonstras, já é o precioso toque de Deus em sua vida.

Bjs e muitas felicidades. Há um rio de vitórias para você. Aguarde.

Graça Sampaio disse...

Deus do céu!! Só hoje aqui cheguei e como fiquei de coração apertado com esta mensagem de tão generoso amor!!

Maravilha de texto! Maravilha de sentimentos! Maravilha de Mãe!!

Um abraço, dois, três, muitos... muito sentidos, muito apertados!