Memorial

Companheiros de Pensamentos

domingo, 5 de setembro de 2010

"Meu Mundo e Nada Mais" - Guilherme Arantes

Tive contacto com este tema em 1976. Desde essa altura, houve muitos momentos em que me sentia assim. Vi tudo mudar. Não sabia se ainda ia sorrir. Dava tudo para esquecer. Dava tudo por meu mundinho e nada mais. Hoje, apesar de tudo, sei que sempre chegará o tempo de sorrir e que não vale a pena esquecer, pois tudo faz parte do nosso "mundo" e sem o nosso "mundo", não somos nada. Mas ainda gosto muito de ouvir esta canção...


Quando eu fui ferido
Vi tudo mudar
Das verdades
Que eu sabia...
Só sobraram restos
Que eu não esqueci
Toda aquela paz
Que eu tinha...
Eu que tinha tudo
Hoje estou mudo
Estou mudado
À meia-noite, à meia luz
Pensando!
Daria tudo, por um modo
De esquecer...
Eu queria tanto
Estar no escuro do meu quarto
À meia-noite, à meia luz
Sonhando!
Daria tudo, por meu mundo
E nada mais...
Não estou bem certo
Que ainda vou sorrir
Sem um travo de amargura...
Como ser mais livre
Como ser capaz
De enxergar um novo dia...
Eu que tinha tudo
Hoje estou mudo
Estou mudado
À meia-noite, à meia luz
Pensando!
Daria tudo, por um modo
De esquecer...
Eu queria tanto
Estar no escuro do meu quarto
À meia-noite, à meia luz
Sonhando!
Daria tudo, por meu mundo
E nada mais...

6 comentários:

Luís Coelho disse...

Agradeço as simpáticas palavras no Lidacoelho.
A vida continua e nós temos de continuar a caminhar guardando as melhores recordações.

Marcia disse...

Ana Paula,
vim desejar a você uma semana feliz!
Bjs

legalmente loira... disse...

querida amiga.
amo esta música..linda escolha..
saudades..
bjos com carinho...

Rutha/Pink/Barum/Luna disse...

Também adoro esta música, nem sabia que era tão velha assim (estou me referindo à música, não a nós duas...). Adoro ouvir músicas antigas que trazem algum significado especial à nossa vida.
O Tejo está lindo no post anterior e você tem toda razão, as pessoas adotam/compram um cãozinho pequeno e não imaginam o quanto ele vai crescer e dar trabalho, eu mesma não acredito o quanto aguento de bagunça do Barum...
Boa semana !
Beijos
Laís

Sônia Silvino disse...

Eu também gosto dessa música! Bons tempos para recordar! Muitos bailes embalados por ela, amiga!
Boa semana, querida!
Beijos!

. disse...

Linda música, Ana! Já chorei muito ao som dessa melodia... Ela compõe a trilha sonora da minha adolescência! Velhos tempos! Hehehe!

Beijos,
Ane