Memorial

Companheiros de Pensamentos

sábado, 4 de setembro de 2010

É revoltante!

Ao entrar num supermercado, reparei num grupo que estava a divulgar o trabalho que desenvolve a apoiar animais abandonados. Para além de se darem a conhecer, solicitavam qualquer ajuda para esses seres indefesos: ração, produtos para higiene, mantas, camas, donativos para pagar as despesas de veterinário, etc. Também divulgavam fotos de cães que poderiam ser adoptados. E olhando para as fotos, é fácil verificar a estupidez, a ignôrância e a maldade de certas pessoas: todas as fotos eram de cães adultos e GRANDES.
Será que as pessoas não pensam que aquele cachorrinho fofinho, pequenininho, não é nenhum bonsai? O cachorrinho vai crescer e terá inúmeras necessidades que terão que ser sanadas por nós: humanos.
Mas, se calhar, é aqui que está o X da questão: quem cuida, com todo o respeito, desses cães e gatos, é Humano.
Aqueles que desprezam e abandonam cães e gatos são ... umas bestas.
(O cão da foto é o MEU cachorrinho que cresceu muito e que desejo que continue a "crescer" na nossa vida.)

6 comentários:

Luís Coelho disse...

O teu cão é lindo.Gosto muito destes animais, mas não me parece correcto essas campanhas.
Quem escolhe um animal doméstico deverá tratá-lo bem. Caso não o faça e o abandone deverão ser penalizados.

Miguel disse...

É bem revoltante mesmo. Na altura de arranjarem um animal de estimação, quase sempre procuram por um cãozinho ou um gatinho, um animal engraçado, tamanho-económico, que se esquecem irá crescer, adaptar-se, criar laços fortes de afectividade com os seus donos, de quem acaba por receber um abandono que nada tem de humano. Quem são aqui os animais?

Rosa Carioca disse...

Concordo, Luis Coelho, deveriam ser bem castigados.
Pois é, Miguel. Quem serão os irracionais?

Fatinha disse...

Rosa, concordo contigo. Não tenho cão, a minha casa é pequena, e tb sou alérgica ao pelo deles...mas é mmo assim, tenho consciência do compromisso que se deve manter para ter um animal em casa, por isso prefiro não ter animal, sei que poderia não cumprir. O teu cão tem um ar mto meigo. bjs

Olhos Dourados disse...

Podes crer!

Terezinha disse...

ANA

O PIOR É QUE ISSO TAMBÉM OCORRE NO BRASIL!!!!! ACHO QUE ISSO VEM DA EDUCAÇÃO QUE OS PAIS DÃO EM CASA.
SERÁ QUE ENSINAR UM FILHO A ABANDONAR UM CÃO, NÃO ENSINA O FILHO A ABANDONAR OS PRÓPRIOS PAIS NA VELHICE????
QUEM AMA CUIDA!!!!

BEIJOS DA TEREZINHA DO BRASIL