Memorial

Companheiros de Pensamentos

sábado, 26 de setembro de 2009

Reencontro Virtual


Uma amizade pode acabar?
Um dia li a seguinte frase: "Se perdeste um amigo, é porque não era teu amigo."
Hoje tive a prova da veracidade dessa frase.
Uma amizade de 20 anos ficou "incontactável" por 10 anos.
Hoje, houve um novo contacto e, quando alguém perguntou há quanto tempo eramos amigas, a resposta foi: há 30 anos. Exactamente, quem tem uma amizade forte, não a perde. Pode ficar em stand-bye, mas basta um contacto (mesmo que virtual) para ela se reacender.
Agradeço à internet, por ter proporcionado esse contacto.
Fiquei feliz pelo nosso "reencontro", Amiga Márcia.
Nesses anos rimos muito, fizemos a outra rir quando só derramava lágrimas, passeámos, trocámos tantas confidências (confidências de adolescentes... e não só). Tive o privilégio de conhecer os teus Pais, maravilhosas pessoas.
Sinto saudades dos tempos que vivemos, das amigas com que convivemos...
Este mundo dá tantas voltas... a vida prega-nos tantas surpresas...
Como diz Toquinho: o destino é uma astronave que muda nosso destino e depois convida a rir ou chorar.
Hoje, tive vontade de fazer o tempo voltar atrás...
Tantas recordações passaram pela minha cabeça... fui a primeira "passageira" quando compraste o teu primeiro carro... tantas peripécias vividas... as "paqueras"... nossa... tantas lembranças... sem falar do teu aniversário, que eu lembrava o ano inteiro, menos no dia do teu aniversário e quando tu ligavas-me no meu aniversário, NO DIA SEGUINTE, e eu ouvia a tua voz a dar-me os parabéns... bem... eu só queria "sumir", desaparecer de tanta vergonha.
Mas tu sempre conseguias rir. Não sei se eu agiria da mesma maneira.
Ao menos isso eu resolvi pois passei a mandar-te um cartão de aniversário, dias antes, para não passar esquecido.
E a nossa luta para conseguir trabalho?
Entrevistas, trabalhos diferentes da nossa formação técnica e, depois de tantas voltas, exercemos a mesma profissão.
Enfim...
Gostei mesmo muito de te ter "reencontrado" e agradeço por continuares a ser minha Amiga.

7 comentários:

marcia_quebralha disse...

Amiga! Qse afoguei o pc de tantas lágrimas seguidos de risos tbem...Não tenho o dom da escrita, sou bem melhor verbalizando minhas emoções ...Lí uma vez que "Amizade é como fluorescencia...só vemos qdo o mundo a nossa volta escurece"
Vc sabe q. sempre q. precisar podes contar comigo.E que nesses últimos 10anos mesmo distante, continuei lembrando de vc.Saudadessss!

Rita Caissotti disse...

Primana senti bem as tuas palavras...pelas vezes em que falámos do Brasil e pelas saudades que tinhas de alguns amigos.Das idas á pizzaria ,das idas ao cinema,daqueles que te conheciam bem!!
Até eu senti vontade de ter cá os teus pais por cá para partilhar esse reencontro...haveriam de ficar felizes por vocês! ;)

Rosa Carioca disse...

E iam mesmo, prima. A minha amiga Márcia, um dia, passou por filha do meu pai. eheheheh

Silvana Nunes .'. disse...

Uma graça o seu espaço. Certamente voltarei mais vezes. Convido a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Saudações Florestais !

Rosa Carioca disse...

Tomo a liberdade ce convidar todos a visitar o blog da Silvana. Vai valer muito a pena.

Carla Silva disse...

Amizade não tem preço, distância, côr, cheiro... e tem tudo ao mesmo tempo!
Amigo(a) na real palavra, quando tudo nos falta, ele(a) está, onde quer que seja mas está.
Felicito-vos pela Vossa. ;)

Rosa Carioca disse...

Como diz a Márcia, "é como a forforescência, brilha mais quando o mundo à nossa volta escurece".