Memorial

Companheiros de Pensamentos

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Amigos

Há amigos que são mais chegados do que irmãos.
Há 9 anos conhecia uma amiga.
Na altura, nem imaginava que voltaria a encontrá-la. Estavamos numa fila "quilométrica" para concorrer ... Começamos a conversar... Um mês depois, viemos encontrar-nos no mesmo local de trabalho.
Um dia fiquei doente. Ela soube e apareceu em casa.
Quando meu pai morreu... ela secou minhas lágrimas.
Quando minha mãe faleceu... ela abraçou-me e assumiu as minhas crianças com o maior profissionalismo.
Quando passei pelo maior desgosto que uma mãe pode passar... lá apareceu ela e sentou-se ao lado da minha cama, na Maternidade. Mais preocupada com a reacção do meu marido, preocupada se iria receber o apoio dele, a força dele para segui em frente (e recebi).
Hoje, tive vontade de escrever sobre ela. Expressar o meu desejo de que ela seja imensamente feliz. Desejar-lhe que só tenha alegrias pois bem merece. Desejar que continue a viver no paraíso, principalmente agora, que já tem a sua Eva.

3 comentários:

sonia disse...

Oi miga...fizeste-me deixar cair umas boas lágrimas, de saudade e felicidade....não estava à espera que te lembrasses de todos esses momentos...mas também não me esqueço das horas que passaste a ouvir-me e aconselhar-me...Por tudo um obrigado e desejo-te igualmente muitas alegrias,paz e imensa FELICIDADE na tua vida.

DrFunkenstein disse...

OBA!!! Gostei muito do teu comentário. Obrigado pelo miminho e continua a escrever. Já tens dois seguidores... Força com este Blog e que os pensamentos sejam muitos, pois os sentimentos já sei que são muitos e bons.
Beijinhos do Funkenstein ;)

Rita Caissotti disse...

Parabêns para os papás da Eva,e sobretudo parabêns para ti primana...tanta vez o meu porto seguro!!!Beijo grande!...Que tal colocares aqui o meu pequenino elogio para que todos saibam o que penso de ti,hummm??;)