Memorial

Companheiros de Pensamentos

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Festa na Aldeia




Gosto de ver os jovens envolvidos em algo bonito e para toda uma comunidade.
Apesar de não ser praticante de nenhuma religião, todos os anos, gosto de ver o trabalho de tantas pessoas, na maioria jovens, na preparação para a procissão: ponto alto da Festa da aldeia.
Logo na manhã do domingo começam a embelezar o largo da igreja com serradura colorida, fazendo diversos desenhos e a passarela por onde vão passar os andores com todas as imagens que a igreja tem e as pessoas caracterizadas como os santos e santas.
À tarde, dá-se o início com a companhia de cavaleiros, da banda, e das mulheres que carregam os tabuleiros com os bolos da festa.
É bonito. É tradição portuguesa. Eu gosto.

4 comentários:

ALICE disse...

ANA

VENDO AS FOTOGRAFIAS DA FESTA DA ALDEIA BATEU UMA SAUDADE TERRÍVEL!!!!!!!!

O MEU CORAÇÃO FICOU APERTADINHO LEMBRANDO DO CORTEJO DO LIMÃO.

LEMBRANDO DAS MÚSICAS, DAS ROUPAS, DAS PESSOAS, DO SOL, DO CALOR E DAS SARDINHAS COMPARTILHADAS COM DOIS AMIGOS!!!!!! HI HI HI HI !!!!

ESTA TRADIÇÃO DÁ SAUDADE DOS NOSSOS AVÓS!!!! LEMBRA AS NOSSSAS TRADIÇÕES!!!!!

BEIJOS DA ALICE DO BRASIL!!!!!!

MÃE ALICE disse...

ANA

ESTA FESTA ME LEMBROU DA MINHA MOCIDADE, DE QUANDO EU ESTIVE EM PORTUGAL NAS FESTAS DA TERRA DA MINHA MÃE.

SÃO MUITO BONITAS E ALEGRES!!!
E DEIXAM SAUDADES E BOAS LEMBRANÇAS.
BEIJOS DA MÃE ALICE DO BRASIL!!!!!

MM MANDA BEIJOS AO TEJO E AO KIBON!!!!! ELA É APAIXONADA POR ELES.

TEREZINHA disse...

ANA

AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI!!!!!!

QUE SAUDADES DO CORTEJO DO LIMÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

REALMENTE ESTAS FESTAS LEMBRAM MUITO AS TRADIÇÕES DAS NOSSAS FAMÍLIAS!!!!!

LEMBRAR DE PORTUGAL DÁ UMA SAUDADE!!!!!

BEIJOS DA TEREZINHA DO BRASIL!!!!!

Maria disse...

Amiga Rosa também gosto de ver as festas populares, não só pelo que elas representam, mas também pelo trabalho de muitas pessoas que estão por detrás da organização das festas. O ano passado como o meu filho é escuteiro foi também a pegar um andor. Este ano tive pena de não ver, mas no fim de semana das festas, não estavamos em casa.
beijinhos
Maria