Memorial

Companheiros de Pensamentos

domingo, 29 de julho de 2012

Kibon na rede


Isto é a verdadeira Vida de Cão!
(Bem... pelo menos, deste cão que, em breve, completa 12 anos.)
Mas ele merece, aliás, todos os animais
merecem respeito, cuidados, atenção e
(porque não?) miminhos!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Grande perda!

Para mim, uma grande perda.
Um grande Professor,
um grande Historiador,
uma Pessoa Educada e Sensível.
Fica um enorme vazio.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Dar banho aos CÃES



Por cá, em Portugal, o Verão anda um pouco tímido mas, hoje, até que fez um dia mais quentinho e, então, aproveitei para dar um belo banho aos meus canitos.
E aqui estão as fotos deles após o banho, deitados nas suas toalhas personalizadas; uma oferta de quem ama, verdadeiramente, os nossos cãopanheiros.
E por quê não há fotos do banho?
Porque não havia mãos suficientes para tudo!
Meu marido, com uma mão segurava a mangueira e com a outra, segurava o cãozito, enquanto eu ensaboava-os.
Uma verdadeira operação muito bem articulada!
Por fim, gosto de ver a satisfação deles; até parece que "sorriem"!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Reza - Rita Lee

Rita Lee sempre foi (e continua a ser) única.
Única na irreverência, na sua postura, na sua ideologia, na sua filosofia de vida.
Não há meio termo: ou gostam dela ou odeiam-na.
Eu, apesar de não tê-la como um MODELO,
gosto imenso de seus temas,
gosto da sua irreverência,
gosto daquilo de "não ter papas na língua",
gosto dela.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Percurso Acadêmico

Para exercer a minha profissão, neste país, esperei durante 3 meses para que o Ministério da Educação reconhecesse as minhas habilitações que consistiam, para além das provas do meu exercício efetivo, de:
- uma Pós-Graduação de 2 anos, com aulas durante TODA a semana, NA universidade;
- uma licenciatura de 4 anos, com aulas durante TODA a semana, NA universidade;
- para além de 4 especializações, com os respectivos estágios, realizadas em 4 anos, consecutivos;
- sem falar dos 3 anos de ensino secundário;
- dos 4 anos de ensino fundamental (sistema educacional brasileiro);
- e os 4 anos da (ex) escola primária.
Após análise criteriosa, surgiu o parecer favorável para mim. No meu entender, não poderia ser diferente, pois tudo estava mais do que comprovado com currículos, históricos escolares, notas, etc.
Mas muitas vezes, fico pensando:
Será que "certas" pessoas têm CORAGEM para erguer a cabeça e falar sobre o seu percurso acadêmico?
Será que "certas" pessoas têm a CARA DE PAU de falar sobre hábitos de estudo; sobre o esforço, o cuidado (e até um certo prazer) de elaborar um trabalho sobre os mais diversos temas; sobre aquele nervosismo de defender uma tese frente a Professores Doutores catedráticos?
Será que "certas" pessoas NÃO TÊM VERGONHA NA CARA?